Verdasco suspenso por teste de doping positivo

Verdasco suspenso por teste de doping positivo

O tenista espanhol Fernando Verdasco foi suspenso por dois meses devido a um teste de doping positivo. Ele disse que estava tomando metilfenidato como medicamento prescrito por seu médico para tratar o TDAH, mas se esqueceu de renovar sua exclusão das regras de doping para essa substância em particular.

O espanhol testou positivo na amostra que deu em um challenger no Rio de Janeiro em fevereiro. O ex-jogador do top XNUMX admitiu em seu depoimento que violou as regras. Ele também explicou que foi diagnosticado com TDAH, razão pela qual usou essa substância proibida.

Embora a Agência Mundial Antidoping tenha renovado a aprovação de seu medicamento, ele ainda foi suspenso por dois meses. Verdasco está atualmente em 125º lugar no lista ATP. Ao longo de sua carreira, ele ganhou sete títulos e ganhou mais de 18 milhões de dólares em prêmios em dinheiro.